ENVIO GRÁTIS A PARTIR DE 150 EUROS DE COMPRA!
ENTREGA AO DOMICÍLIO GARANTIDA

A ORIGEM

Um simples artigo que transmite a lenda. Na Malásia, havia uma rampa abandonada no meio da selva. É JC Pieri, especialista de vídeos outdoor e extremos que acendem o pavio partilhando o artigo de rideukbmx.com. O timing é perfeito, a equipa Crosscall não hesitou nem por um segundo e levou o seu embaixador Daniel Dhers a embarcar numa viagem até ao fim do mundo.

O FILME

THE RIDERS OF THE LOST RAMP

RIDERS OF THE LOST RAMP

Daniel Dhers pensait avoir tout ridé... c'était sans compter cette rampe abandonnée au cœur de la jungle, à l'autre bout du monde. L'intégralité du trip #ridersofthelostramp ? crosscall.com/lostramp ?: JC Pieri Visual

Publié par Crosscall sur vendredi 19 mai 2017

O LOCAL

A RAMPA DO DIABO

Esquecido há quase 30 anos, o mistério está no seu auge quando a nossa equipa descobre Shah Alam. De acordo com as nossas fontes locais, é lá que se esconde no meio da selva, uma das rampas mais místicas do mundo. Seguindo as antigas pistas, Daniel Dhers logo descobre o Santo Graal.

O CICLISTA

DANIEL DHERS

Ciclista profissional de BMX, Daniel Dhers, é um dos mais medalhados da sua modalidade com 5 medalhas de ouro nos X-Games e 3 vitórias no Dew Action Sport Tour. Depois de ter corrido nos mais belos parques do mundo, sugerimos-lhe que aceitasse o desafio da rampa misteriosa. O desafio foi aceite pelo ciclista, ainda longe de imaginar o que este lugar lhe reservava…

AS CONDIÇÕES

A SELVA TROPICAL

Se a Malásia esconde uma selva de tal beleza, é graças ao seu excecional clima. Localizada na zona dos Trópicos, a sua taxa de humidade pode subir até 92% e a temperatura média ronda 40°C a Oeste. Condições extremas para superar um desafio sem precedentes em plena selva.

A PREPARAÇÃO

VAMOS ARREGAÇAR AS MANGAS

Quando a equipa descobre a rampa, a natureza teve o tempo de reclamar os seus direitos. Foi só depois de várias horas de trabalho intensivo e sob um calor abrasador que os pilotos finalmente conseguiram libertar o local da sua vegetação. As curvas da rampa desvendam-se pouco a pouco para revelar os traços deixados pelo tempo.

O TERRENO

UM GRANDE DESAFIO

As condições são bastante diferentes daquelas que podem ser encontradas em áreas urbanas. Para domar a rampa que ele rapidamente apelida de “The Devil’s Ramp” (a Rampa do Diabo), o nosso campeão Daniel Dhers enfrentou a humidade e temperaturas sufocantes. O estado da rampa obriga-o a antecipar todos os seus movimentos estragando as fissuras a cada tentativa.

MISSÃO CUMPRIDA

ICE PICK LEGÍTIMO

Ao sair da sua zona de conforto, Daniel Dhers mostrou-nos que nenhum desafio é insuperável ao forçar os seus limites. É com força da coragem e persistência que os truques regressam pouco a pouco e que ele conseguiu domar a fera com um Ice Pick de total beleza sob o olhar dos pilotos cheios de admiração.

FIM DA VIAGEM

MOMENTOS INESQUECÍVEIS

A aventura termina sob um dilúvio de chuva. A ocasião perfeita para Daniel Dhers aproveitar o seuTREKKER-X3 e imortalizar estes momentos com toda a equipa. Mais do que uma aventura desportiva, conseguir domar a Rampa do Diabo foi uma experiência humana que ele não está preparado para esquecer.

OS BASTIDORES EM IMAGENS

O EQUIPAMENTO

TREKKER-X3

Daniel Dhers foi equipado com o mais recente da gama CROSSCALL, o TREKKER-X3 que oferece vários sensores a fim de analisar e compreender todos os terrenos. Para aceder a todos os dados recolhidos pelo telefone, CROSSCALL desenvolveu a aplicação X3 SENSORS, incorporada nativamente em todos os TREKKER-X3.

DESCOBRIR O TREKKER-X3